Estraga Prazeres


Ele diz: Ai que mormaço bom!
Ela diz: É prenúncio de muita chuva, inundação...

Ele diz: Saiu um solzinho!
Ela diz: Ai credo, vou me queimar toda.

Ele diz: Está me dando uma vontade de caminhar!
Ela diz: Com esse sol e esse calor, nem pensar.

Ele diz: Aqui é tão gostoso, o lago, os patos, estou animado para uma caminhada!
Ela diz: Aqui é muito grande, a caminhada é muito longa, dá um cansaço.

Ele diz: Vou caminhando até a outra entrada e volto por fora do parque!
Ela diz: Nossa é longe demais, não tem condições...

Ele, que estava tão animado, foi murchando, o sorriso saiu de seu rosto, sentou-se encurvado.

O vento sopra ao ouvido.

Ele não entende...

O vento sopra novamente:

Eu entendi: - Estraga prazeres.....


“Vi essa cena ontem, quando fui ao parque levar minha filha para brincar. Um senhor de cabelos brancos, acompanhando a sobrinha... Estraga Prazeres... acho que era esse o nome dela.”

4 comentários:

Cackau Loureiro disse...

nossa, tem gente que é assim mesmo, sem noção!

>.<

Edna Federico disse...

É, tem gente que sabe ser estraga prazeres mesmo!
Estou voltando aos poucos.
Beijo

Rogério Felício disse...

hahahaha...tem gente pra tudo!

beijos :)

Liz disse...

Obrigado pela visita!
Quando li, de primeira eu pensei que o estraga prazeres fosse o senhor de cabelos brancos...Tem gente que não sabe ser infeliz sozinho, tem que compartilhar! ô gente...
Liz